As doenças de pele são de grande incidência em toda população brasileira. Nos locais de maior irradiação solar e em pacientes predispostos predominam as lesões pré-malignas e malignas. Para realizar o tratamento, a dermatologia estuda e aplica os conhecimentos desenvolvidos com o propósito de buscar uma pele saudável e com ótimo aspecto estético.

Novas tecnologias são fundamentais no tratamento de antigas doenças de pele. Aparelhos usualmente utilizados nos procedimentos estéticos demonstram ser um aliado importante para a cura e a melhora de lesões e doenças cuja terapia até então era apenas convencional. Vitiligo, herpes e câncer de pele são algumas dessas doenças.

Os aparelhos à base de luz, como laser, luz pulsada e leds, são usados para tratamentos de doenças infecciosas causadas por bactérias, vírus, fungos ou para manchas e feridas. Associados a produtos específicos, podem ser utilizados também no tratamento de lesões pré-malignas. Eles atuam através de três mecanismos específicos:

  • Fototermólise: Promove a destruição da lesão-alvo sem atingir os tecidos normais ao redor;
  • Terapia Fotodinâmica: Utilizada nos tratamentos de lesões pré-malignas;
  • Fotobiomodulação: Uso da energia luminosa para modular o funcionamento celular, podendo ser utilizada para estímulo e regeneração de tecidos, tratamento de manchas e aceleração de cicatrização de feridas.


Outro tratamento utilizado como coadjuvante é a carboxiterapia em que temos o uso terapêutico do gás CO2 que promove um aumento da oxigenação da pele e regeneração dos tecidos tratados a longo prazo.

Agende sua Consulta